21.2.08

O outro lado da Missão Integral


Aprendi que uma boa teologia não se faz apenas de idéias e sim é o fruto de uma reação do que se está vivendo. Por isso as boas teologias ou migram seu foco de reação junto com a sociedade ou já nascem com data para ficarem apenas na história.

Tenho me apaixonado pela reação que surgiu de uma reunião de missionários do mundo todo na Suíça (Lausanne/1974). Nesse congresso eles produziram um texto chamado Pacto de Lausanne com uma proposta de missão integral da igreja, com o lema “o evangelho todo, para o homem todo para todos os povos”.

Quem deu o tom deste congresso foram os missionários, latino americanos, africanos e asiáticos do chamado países do terceiro mundo. E por aqui no Brasil já estávamos vivendo por uma minoria esta proposta de missão. Ariovaldo Ramos descreve em seu livro que os movimentos jovens como Aliança Bíblica Universitária, Jovens em Cristo, Jovens da Verdade, Sociedades dos Estudantes de Teologia Evangélica entre outros que já militavam com os jovens nas ruas por um evangelho mais contextualizado e mais eficaz se juntou com teólogos preparados e dispostos a empregar uma mudança, líderes como Robson Cavalcante, Dieter Brephol, Manfred Grellert, Caio Fabio, Osmar Ludovico,Jasiel Botelho, Valdir Steurnagel, Paul Freston entre muitos outros. (Nossa Igreja Brasileira/Hagnos).

Nos últimos 10 anos, a Faculdade Latino-Americana de Teologia Integral (FLAM/JV), dirigida pelo Ariovaldo Ramos, tem se preocupa em refletir e reagir a Teologia Integral do ponto de vista da America Latina, a partir do contexto brasileiro.

Mas partindo do principio que uma boa teologia é aquela que é fruto de uma reação, a luz da bíblia, do contexto em que estamos inseridos, e como diria Ziel Machado: Uma boa teologia necessariamente tem que nos colocar de joelhos. Temo ver a morte da missão integral sem ela ter chagado a sua maturidade.

Jesus Cristo já foi anunciado para o Brasil! Na sua maioria não foi da forma certa, não foi pelas pessoas certas e nem sei se o Jesus que muitos pregam é o mesmo Jesus que a bíblia narrou. O fato que todos conhecem a figura de Jesus e os seus seguidores “evangélicos”, pois a evangelização se tornou apenas mais um braço do capitalismo.

Como a proposta surgiu de um congresso de missões, não tinha como evitar a reflexão na cosmo visão de um missionário, e muito que foi produzido é uma proposta de missão integral.

Mas creio que está na hora de pensarmos não mais apenas na perspectiva do que vai levar a mensagem e sim nos que irão receber a mensagem, precisamos começar a desenvolver o que é a Conversão Integral.

Começar a refletir sobre pessoas na bíblia e na história que tiveram uma conversão integral e que mudaram não só suas mentes, mas o comportamento e sociedade em que estavam.

O que é se converter de uma forma integral? O que muda na vida daquele que conhece a pessoa de Jesus Cristo? Qual a diferença no seu lar, no trabalho e na cidade de uma passou que experimentou uma conversão em todas as áreas? Qual a diferença de uma igreja que tem pessoas verdadeiramente convertidas?

São muitas perguntas do outro lado da moeda que ainda não foram respondidas por completo, pois estamos desenvolvendo bons missionários, mas nem tantos cristãos de forma integral.

Vivemos em uma sociedade onde não se fala e nem se entende conversão. Não se fala em ser um seguidor de Cristo, pois um grupo ensina que temos que ser um consumidor da igreja, e outro ensina que o convertido é aquele que mudou suas idéias e que perpetuam ritos semanalmente.

Precisamos correr atrás do atraso e consertar a proposta do “evangelho da conversão parcial” que os veículos de massa já fizeram e estão fazendo. Precisamos mostrar e ensinar não apenas o que é a missão integral da igreja, mas o que é uma conversão integral, o que é realmente acontece com alguém que conheceu Jesus Cristo de Nazaré.

4 comentários:

  1. Um grande pregador só poderia ser também excelente escritor. Que vc cresça cada vez mais à excelência estatura de nosso Cristo! Marcos, suas criações com Poke out estão ótimas! Assim fica bem mais interessante e convidativo! Deus lhe deu muitos talentos, essa sua criatividade está sendo explorada cada vez mais para a obra. Glorificado seja o Senhor! Sobre este texto, vc aborda algo extremamente importante que é a vida cristã cotidiana. Chamamos a atenção das pessoas para o Evangelho de Cristo através não só de palavras, mas no comportamento coerente ao que se prega. Ah! A Matemática do Sexo é interessantíssima! Concordo plenamente com a Naty. Um casal que vive brigando não pode 5min depois está cheio de atração, qdo o coração ainda precisa de limpeza! Essa totalidade de discrepância é sim sintoma e indício de que se basear apenas no sexo no casamento como válvula de escape não se pode gerar uma relação de bons frutos, principalmente os do Espírito Santo! Ambos precisam ser um só: uma só fé, uma unidade, amigos, companheiros, confidentes (o diálogo é ultrafundamental!), lógico que as divergências existem, mas a Paz está aí para quem busca o Cristo em comunhão com sua Palavra, Orações, Jejuns, Cultos de Adoração na igreja (física), nos lares... A vida conjugal sem Jesus é muito difícil! Uma pessoa pode até escolher outra e casar-se apenas pela atração, sem considerar a parte psicológica e emocional. Mas o sofrimento é muito grande. Disso não há como escapar! Agora, muitas pessoas escondem suas verdadeiras faces, mesmo quando se dizem de Deus. Por isso é importantíssimo, melhor dizendo, ESSENCIAL, que haja orações e comunhão com Cristo sobre cada passo que tomamos em nossas vidas, porque há inúmeros lobos em peles de cordeiro, como lobinhas em peles de singelas ovelhinhas! O Cristo nos revela quando deixamos que Ele seja nosso Senhor, quando deixamos que Ele seja nosso Mestre, quando clamamos pela sua interferência e direcionamento em nossas vidas! A Ele a honra e glórias eternas! Abração! Voltarei aqui sempre que possível! A edificação é grande!

    ResponderExcluir
  2. MB,

    Continue escrevendo e não pare. Esse lance de Conversão Integral tem de virar conceito a ser ensinado nos nossos seminários e pregação a ser vivida em nossos púlpitos e vidas.

    Da minha parte, farei o possível para popularizar o termo.

    Parabéns pelo aniversário e espero que tenha gostado do livro.

    Grande Abraço.

    Victor Fontana

    ResponderExcluir
  3. Ravana - Jv Recife6 de mar de 2008 21:22:00

    Marquinhos,
    Que texto fantástico...
    Exatamente isso que estou tentando viver, quero viver minha conversão integral...
    Isto está sendo meu pensamento de vida! É isso que o mundo precisa ver em nós!
    Deus continue a te abençoar!

    ResponderExcluir
  4. Olá

    A teologia integral tem se mostrado a melhor proposta para o contexto Brasileiro.
    Sou professor de teologia, e estou criando uma missão de teologia integral aqui em SC.
    Logo será lançado um site com artigos, vídeos, áudios sobre teologia integral.
    Fiquem com Deus

    Pr Jander de Souza Lopes

    ResponderExcluir